Aos 56 anos, morre produtor musical Miranda, jurado do programa “Ídolos”

Carlos Eduardo Miranda, popularmente conhecido como Miranda, que foi jurado do programa “Ídolos”, no SBT, morreu por volta das 20h desta quinta-feira (22) depois de sentir uma forte dor de cabeça. A informação foi confirmada por por amigos próximos de Miranda. Hoje pela manhã, em uma das últimas atividades no Twitter, ele elogiou a MC Carol. “Ela é a melhor! A mais foda! Minha ídola!”, escreveu, entusiasmado.

Na década de 1990, com os selos Banguela Records e Excelente, lançou nomes como Raimundos. Como produtor musical, Miranda lançou, entre outros grupos, Skank, O Rappa, Virgulóides, Blues Etílicos, Cordel do Fogo Encantado, Cansei de Ser Sexy, Móveis Coloniais de Acaju, MQN, Mundo Livre SA e o primeiro disco da Graforréia Xilarmônica, Coisa de Louco II e também criou e dirigiu o site Trama Virtual, que é um projeto de distribuição online de artistas independentes por MP3.

Miranda participou do programa “Ídolos” –derivado do programa britânico “Pop Idol”–, enquanto esteve no ar, entre os anos de 2006 e 2007. Ele também participou de outros programas com teor musical no SBT, como “Astros” e “Qual É o Seu Talento”.

Natural de Porto Alegre (RS), Miranda começou a se destacar como produtor musical nos anos 1980. Foi ele quem fundou a Banguela Records, importante bancada para o rock da década de 90.

 

Fonte: uol.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: