Deputado de primeiro mandato, André Fufuca deve comandar a Câmara durante viagem de Temer à China

28/08/2017 6:15 PM0 comentários
Deputado de primeiro mandato, André Fufuca deve comandar a Câmara durante viagem de Temer à China

m uma semana decisiva para a votação da reforma política, o segundo vice-presidente da Câmara, deputado André Fufuca (PP-MA), deve assumir nesta terça-feira (29) a presidência da Casa pela primeira vez.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai assumir interinamente o comando do Palácio do Planalto nesta terça em razão da viagem de uma semana do presidente Michel Temer para a China. O peemedebista vai ao país asiático para apresentar o novo programa de privatização que inclui Eletrobrás, aeroportos, rodovias e a Casa da Moeda.

Na comitiva presidencial, vão ministros e pelo menos seis deputados, entre eles, o vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), que deveria assumir o comando da casa legislativa no período em que Maia estiver despachando no Planalto.

Assim, a presidência da Câmara fica para André Fufuca, o segundo vice-presidente da Casa. Ele tem 28 anos e exerce seu primeiro mandato na Câmara.

Na manhã desta segunda-feira (28), Fufuca se reuniu com Michel Temer e Rodrigo Maia no Palácio do Planalto. Ao final da audiência, ele disse que o presidente da Câmara pediu para ele seguir o cronograma.

Nesta semana, têm votações importantes na Casa, como da reforma política, que ainda precisa de acordo. Nesta terça, Fufuca vai se reunir com os líderes dos partidos e diz que está seguro,

“Sei que é muita coisa, sei que são vários assuntos amplos e abrangentes. Porém, nós iremos procurar colocá-los para votação”, disse o jovem deputado do PP.

O vice-líder do governo na Câmara Darcísio Perondi (PMDB-RS) disse que o Planalto confia na condução de Fufuca.

“Ele é seguro, sereno, com apoio de todos os líderes das bancadas, da liderança do governo”, enfatizou Perondi.

Fábio Ramalho disse que vai à China porque é o responsável pelos tratados internacionais da Casa. Nesta terça, antes da viagem, o deputado do PMDB vai conversar com Maia. Segundo Ramalho, se for necessário, ele ficará no Brasil.

“Se for necessidade de eu ficar aqui, que eu ficaria, se for melhor. Ele [Maia] acha que é melhor eu estar presente lá [na China]”, ressaltou.

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) disse que oposição vai aproveitar a semana para endurecer o discurso e obstruir as votações.

“Fica praticamente impossível de implementar essas votações dessas matérias tendo à frente deputado que tem inexperiência para conduzir. Ele vai tentar trabalhar num consenso maior possível. Como não há consenso, é muito difícil que a gente possa alcançar alguma”, ponderou Delgado.

G1 Maranhão

Petrobras aumenta o preço do gás de cozinha

04/08/2017 5:21 PM0 comentários
Petrobras aumenta o preço do gás de cozinha

A Petrobras anunciou o aumento de 9,6% no valor do botijão de gás.  Agora o botijão que pesa 13 kg, pode chegar a custar 70 reais se somado ao valor da entrega. Com o aumento, representantes de postos de GLT (gás de cozinha) do município se reuniram para tratar o aumento no valor do produto.

Moisés Araújo, presidente da associação de vendedores de GLP (gás de cozinha), afirma que para o consumidor o aumento pode representar um acréscimo de 20 reais. Além disso, Moisés diz que por conta da mudança no preço do produto, houve demora na entrega de novos botijões na cidade. “Devido a essa mudança, adiaram a entrega dos botijões, mas desde terça-feira passada, não tem mais nenhum revendedor na cidade com estoque anterior. E hoje quem for procurar o produto, já vai achar ele com o preço novo”, explicou.

Segundo donos de postos de venda, o preço do botijão de gás pode variar entre 50 e 70 reais, pois além do custo do botijão, o consumidor vai pagar pelo serviço de entrega e instalação. Para quem não quiser pagar pelo valor da entrega, os postos da cidade oferecem como opção a retirada do produto pelo cliente, mas a categoria afirma que essa prática não é considerada segura.

“Nós vamos até a casa do cliente, instalamos o gás e prestamos um excelente serviço em questão de vazamentos e registros vencidos. É uma forma de garantir segurança”, finalizou Josimar dos Santos, representante de um posto de vendas de Imperatriz.

Preço do botijão de gás pode variar entre 50 e 70 reais em Imperatriz (MA) (Foto: Reprodução/TV Mirante)Preço do botijão de gás pode variar entre 50 e 70 reais em Imperatriz (MA) (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Preço do botijão de gás pode variar entre 50 e 70 reais em Imperatriz (MA) (Foto: Reprodução/TV Mirante)

G1/Maranhão

Pais de jovem que transmitiu morte ao vivo são encontrados mortos em casa

30/07/2017 4:35 PM0 comentários
Pais de jovem que transmitiu morte ao vivo são encontrados mortos em casa

Dois dias após a estudante de Ciências Sociais Bruna Borges, de 19 anos, transmitir ao vivo a própria morte no Instagram, os pais da jovem foram encontrados mortos na garagem da residência, em Rio Branco, no Acre. A Polícia Civil acredita que o subtenente Marcio Brito, de 45 anos, e a ex-sargento Claudineia Borges, de 49, tenham tirado a própria vida.

Os corpos do casal foram encontrados por volta das 14h da tarde (horário de Brasília). A polícia foi acionada após uma ligação para a central de informações. Os corpos foram encontrados por uma parente do casal. De acordo com o Secretário Adjunto da Polícia Civil, Josemar Portes, não há evidências de que as mortes tenham sido causadas por uma terceira pessoa. No entanto, a polícia também trabalha com a possibilidade de que um dos dois possa ter assassinado o outro e tirado a própria vida em seguida.

— Essa hipótese é improvável, mas as investigações estão em curso. Certeza mesmo só com a conclusão do inquérito. A princípio foi duplo suicídio. Não há nenhuma evidência de que uma terceira pessoa tenha cometido um crime ou auxiliado. O casal foi encontrado na garagem da mesma casa onde a filha se matou — disse.

Um inquérito foi instaurado para apurar a morte dos pais de Bruna. O casal deixou bilhetes, mas o conteúdo não foi divulgado pela polícia. Segundo o secretário Josemar, o casal já havia sido ouvido após a morte da filha e estava muito abalado.

— Eles estavam em choque. Não demonstraram qualquer indício de que poderiam fazer isso. Mas estavam muito abalados psicologicamente. Para um pai e uma mãe, o que aconteceu não é simples de lidar — disse.

Bruna e os pais moravam juntos no Acre, e familiares do casal estão a caminho de Rio Branco.

Filha transmitiu própria morte no Instagram

Nesta quarta-feira, a estudante de Ciências Sociais Bruna Borges, filha do casal, transmitiu, ao vivo, a própria morte no Instagram. Pouco antes, a jovem chegou a publicar em seu Facebook a mensagem “Ja viram alguém morrer ao vivo?”.

Bruna foi encontrada morta dentro de casa. Em publicações feitas por ela dias antes, Bruna dizia que estava muito mal e que havia sido “abandonada”. Ela também relatou ter sido traída por sua melhor amiga.

Bruna Borges transmitiu a própria morte no Instagram

Jornal Extra

Encha o tanque e ajude Michel Temer a comprar mais um deputado

24/07/2017 7:44 AM0 comentários
Encha o tanque e ajude Michel Temer a comprar mais um deputado

Tudo o que Michel Temer faz parece ter um único objetivo: salvar sua chance de ficar na Presidência até 2018. Temer jogou pesado para chegar aonde está – hoje sabe-se pelo menos uma pequena parte do que seus esforços foram. E agora se agarra ao cargo como pode.

O discurso é sempre o da reforma do Estado. A prática é sempre a de fazer o país sangrar em nome de um plano pessoal. As reformas no Congresso só continuam tramitando porque é para isso que se aceitou colocar Temer no lugar de Dilma. Um pacto nacional, com o STF, com tudo. Para barrar a Lava Jato e seguir a pauta do grande empresariado.

Agora Temer joga nada menos do que R$ 0,41 de impostos sobre o litro de gasolina e R$ 0,22 sobre o litro de diesel. Isso, evidente, prejudica o país todo. Todo brasileiro pagará mais para sair de casa, seja de carro ou de ônibus. A inflação vai subir porque todo frete vai ficar mais pesado.

Na semana, Temer tinha eliminado parte dos ganhos dos cartórios e da horrenda burocracia brasileira com um decreto que dispensava reconhecimento de frima em certos casos. Excelente! Apareceu como o grande reformista que quer diminuir o Estado. Em seguida, enfiou a faca no nosso bucho com o aumento de impostos.

O amigo Guido Orgis lembra que isso poderia não ser assim se o país tivesse feito reformas, diminuído custos com Previdência e dado uma diminuída no tamanho do orçamento. De fato. Mas é muito mais do que isso. A corrupção do governo Temer e de seus aliados também tem muito a ver com isso.

Levantamento do jornal Valor mostra que só em duas semanas Temer liberou R$ 15,3 bilhões em emendas e programas para fazer um agradinho aos parlamentares que podem lhe custar o mandato. O imposto da gasolina? Deve arrecadar no máximo R$ 11 bilhões daqui até dezembro.

A cada vez que você encher o tanque estará ajudando Temer a “convencer” mais um deputado de que ele não é corrupto, de que não merece ser investigado.

A cada vez que for ao mercado e pagar mais pelo produto que chegou transportado por caminhão, estará ajudando a pagar a conta do mandato de Temer.

Pegando ônibus, estará pagando a emendinha do deputado que dirá, ao microfone do Congresso, votar por sua família e pela ética, pelo bem do nosso país.

Seria possível fechar o orçamento sem precisar cobrar mais de você. Mas isso poderia significar, para Temer, perder o poder que lhe resta. E se ele aceita fazer de tudo pela JBS, se aceita fazer de tudo para derrubar Dilma, aceita fazer de tudo para que votem a seu favor e lhe mantenham no Palácio até o finzinho do ano que vem.

CAIU: Lula é condenado a 9 anos e 6 meses de prisão

12/07/2017 3:28 PM0 comentários
CAIU: Lula é condenado a 9 anos e 6 meses de prisão

O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. Ele foi condenado a nove anos e seis meses pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além de Lula, outras seis pessoas foram condenadas no mesmo processo (veja abaixo a lista dos condenados).

É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente é condenado criminalmente. A sentença foi publicada nesta quarta-feira (12).

Veja a íntegra da decisão de Moro.

“A prática do crime de corrupção envolveu a destinação de R$ 16 milhões a agentes políticos do Partido dos Trabalhadores, um valor muito expressivo”, diz um trecho da sentença.

“O condenado recebeu vantagem indevida em decorrência do cargo de Presidente da República, ou seja, de mandatário maior. A responsabilidade de um Presidente da República é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes”, diz Moro no texto da decisão.

Ex-presidente Lula é condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelo processo do triplex

Triplex no Guarujá

O que diz o MPF: A construtora OAS destinou à família do ex-presidente Lula um triplex no Condomínio Solaris, em frente à praia, em Guarujá. Antes de a empreiteira assumir a obra, o edifício era comercializado pela antiga cooperativa de crédito do Sindicato dos Bancários de São Paulo, conhecida como Bancoop, que faliu. A ex-primeira-dama Marisa Letícia tinha uma cota do empreendimento.

O imóvel, segundo o MPF, rendeu um montante de R$ 2,76 milhões ao ex-presidente. O valor é a diferença do que a família de Lula já havia pagado pelo apartamento, somado a benfeitorias realizadas nele.

Parte da denúncia é sustentada com base em visitas que Lula e Marisa Letícia fizeram ao apartamento, entre 2013 e 2014. Segundo procuradores, a família definiu as obras a serem feitas no imóvel, como a instalação de um elevador privativo.

O que diz a defesa: A defesa de Lula reconhece que Marisa Letícia tinha uma cota para comprar um apartamento no Condomínio Solaris. No entanto, diz que ela desistiu da compra quando a Bancoop faliu e a OAS assumiu o empreendimento.

Segundo os advogados, o apartamento 164 A está em nome da OAS, mas, desde 2010, quem detém 100% dos direitos econômico-financeiros sobre o imóvel é um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal.

Sobre as visitas de Lula e Marisa ao apartamento, a defesa alega que eles queriam conhecer o imóvel e planejar uma possível compra. Afirmam, porém, que, mesmo com as benfeitorias realizadas pela construtora, a compra não foi realizada.

Armazenamento de bens

O que diz o MPF: A OAS pagou R$ 1.313.747,24 para a empresa Granero guardar itens que Lula recebeu durante o exercício da presidência, entre 2002 e 2010. O pedido foi feito pelo presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e pelo próprio ex-presidente da República.

O que diz a defesa: Os itens sob a guarda da Granero não eram bens de uso pessoal do ex-presidente, mas faziam parte do acervo presidencial, que lhe foi concedido pela Secretaria-Geral da Presidência da República, assim que ele deixou o mandato. Segundo o Instituto Lula, a maior parte dos materiais são cartas, camisetas e peças de artesanato.

Conforme Paulo Okamotto, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro se ofereceu para ajudar temporariamente o Instituto Lula a armazenar os objetos em um espaço que a empresa já alugava na Granero. Okamotto nega qualquer irregularidade no apoio dado pela OAS.

Nomeações na Petrobras

O que diz o MPF: Quando era presidente, Lula usou seu poder para manter na Petrobras os ex-executivos Paulo Roberto Costa, Pedro Barusco e Renato Duque – já condenados na Lava Jato por atuar em favor de um cartel que fraudava contratos na Petrobras. O MPF defende que a manutenção deles nos cargos favoreceu o consórcio liderado pela OAS.

O que diz a defesa: Todas as nomeações para as diretorias da Petrobras foram feitas a partir de indicações de aliados políticos. Lula apenas assinou as ordens para que as pessoas assumissem os respectivos cargos.

Benefícios para a OAS

O que diz o MPF: Consórcios dos quais a OAS fazia parte conseguiram contratos para obras na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, e na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco.

Na Repar, antes da licitação, a Petrobras fez um orçamento para a obra e estimou que gastaria até R$ 1,4 bilhão. No entanto, a estatal acabou fechando contrato no valor de R$ 2,079 bilhões, quase 50% a mais do esperado. Outros dois contratos com sobrepreço ocorreram na Rnest. Juntos, custaram cerca de R$ 4,4 bilhões.

 

O que diz a defesa: Lula não atuou em favor de cartel na Petrobras, e não há evidências que suportem a denúncia. O foco de corrupção alvo da Lava Jato está restrito a alguns agentes públicos e privados, que atuavam de forma independente, regidos pela dinâmica de seus próprios interesses, e alheios à Presidência da República.

Do G1

Vídeo mostra acidente com helicóptero que matou noiva e mais três pessoas

06/07/2017 5:42 PM0 comentários
Vídeo mostra acidente com helicóptero que matou noiva e mais três pessoas

Um vídeo inédito achado pelo irmão da noiva quatro dias após a queda do helicóptero em que ela estava, em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, mostra o interior do helicóptero que levava a noiva Rosemeire Nascimento da Silva ao seu casamento. Os quatro ocupantes morreram no acidente que chocou o país em dezembro de 2016.

O vídeo, que mostra o voo desde o início até a queda, já está sendo usado na investigação da Polícia Civil e da Aeronáutica.

Para o advogado que representa os parentes dos mortos, as imagens apontam “erros crassos” do piloto. A empresa proprietária do helicóptero informou que não vai se manifestar. Veja o vídeo:

Recôncavo News