Após cometer assassinato, homem se suicida em cima da sepultura da esposa

24/10/2016 12:59 PM0 comentários
Após cometer assassinato, homem se suicida em cima da sepultura da esposa

Um homem conhecido como Seterblino tirou a vida de Rone Chaves a tiros e depois suicidou-se.

Segundo informações, ele fez disparos contra Rone nas imediações de uma feira localizada na cidade e logo após foi ao Cemitério Jardim da Saudade e cometeu suicídio em cima da sepultura de sua esposa.

Seterblino era motorista de ônibus escolar de Porto Franco, muito conhecido e querido na região.

img_4171-360x640

Até o momento não se sabe a motivação do crime.

 

 

http://luiscardoso.com.br/

MULTA POR SOM ALTO AGORA PODE SER APLICADA SEM MEDIDOR DE DECIBÉIS

21/10/2016 9:36 PM0 comentários
MULTA POR SOM ALTO AGORA PODE SER APLICADA SEM MEDIDOR DE DECIBÉIS

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamentou a multa por causa de som alto dentro do carro por meio da Resolução nº 624, aprovada na quarta-feira (19/10).

Segundo informou o Ministério das Cidades, agora quem for pego perturbando “o sossego público” pode ser multado, mesmo sem medição do volume em decibéis.

Até então, o artigo 228 do Código Brasileiro de Trânsito estabelecia um limite aceitável de até 80 decibéis a uma distância de 7 metros, e de 98 decibéis, a apenas 1 metro.

Por isso, as multas dependiam de um equipamento chamado decibilímetro, certificado pelo Inmetro. Com a nova resolução, a autuação agora pode ser feita, “independente do volume ou frequência”.

“O agente de trânsito deverá registrar, no campo de observações do auto da infração, a forma de constatação do fato gerador da infração”, afirmou o órgão público.

A infração continua considerada grave (5 pontos), com penalidade de R$ 127,69 (vai subir para R$ 195,23 em 1º de novembro) e retenção do veículo.

Fonte – G1/autoesporte

Sem diálogo com governo, fiscais da Aged mantêm greve e podem prejudicar vacinação contra febre aftosa

19/10/2016 3:32 PM0 comentários
Sem diálogo com governo, fiscais da Aged mantêm greve e podem prejudicar vacinação contra febre aftosa

A greve dos fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) pode prejudicar o acompanhamento pelo órgão das ações da segunda etapa de vacinação contra febre aftosa (Campanha 2016), que começa dia 1º de novembro e se estende até o dia 30 do mesmo mês. Com a sede vazia e os escritórios do interior fechados, os criadores estão sem orientação, até porque não vêm conseguindo sequer emitir Guia de Transporte Animal (GTA) para descolocar seus rebanhos, fato muito comum nessa época do ano quando os campos ficam mais secos e os animais são levados para onde há pastos e água em abundância.

Para complicar ainda mais a situação, a Secretaria de Comunicação Social e Articulação Política (Secap), até o momento, não divulgou as peças publicitárias para mobilização dos criadores, principalmente os pequenos, quilombolas, indígenas, carroceiros e outros que têm menos recursos para aquisição de vacinação e contratação de orientadores.

Apesar dos riscos de comprometer a vacinação, os fiscais da Aged dizem que não suspenderão a greve enquanto o governador Flávio Dino (PCdoB) não se dispuser a dialogar sobre o cumprimento do concurso público que foi autorizado pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e ele disse que faria, mas ainda não fez, e se fizer é para menos da metade dos 170 que ficou combinado com o governo anterior.

A segunda etapa da vacinação contra aftosa é fundamental para que o Maranhão continue ansiando por uma certificação internacional de zona livre da doença. Dirigentes da Federação da Agricultura, da Associação dos Criadores e dos sindicatos rurais do interior estão apreensivos com esta situação.

http://www.aquilesemir.com.br

Vaqueiros vão realizar manifestação contra decisão do STF, em Pedreiras e Trizidela do Vale, sobre a não legalização da vaquejada

18/10/2016 5:13 PM0 comentários
Vaqueiros vão realizar manifestação contra decisão do STF, em Pedreiras e Trizidela do Vale, sobre a não legalização da vaquejada

Um dos pioneiros da criação da vaquejada em Pedreiras, antes da emancipação do município de Trizidela do Vale,Paulo Maratá, esteve hoje (18), no programa “Tribuna 101”, na rádio Cidade FM de Pedreiras, falando sobre a decisão do STF, que é contra a prática da vaquejada em todo o Brasil, considerando ilegal, com seis votos a favor da inconstitucionalidade e cinco contra. Paulo, disse que se isso realmente acontecer, muita gente vai ficar no prejuízo, citou, por exemplo, vendedores ambulantes, proprietários de lojas de agropecuárias, vaqueiros, proprietários de parques de vaquejada, e muitos outros que vivem em torno desse evento, considerado por ele como um esporte da categoria.

Diante a situação, Paulo Maratá anunciou uma manifestação pacífica que vai acontecer no próximo sábado dia (22), que sairá do Parque Maratá, em Trizidela do Vale, indo até ao bairro do engenho em Pedreiras, retornando pela avenida Rio Branco e finalizando no município vizinho.

Paulo Maratá - Empresário (Foto: Klayrton Sousa)

Paulo Maratá – Empresário (Foto: Klayrton Sousa)

O empresário adiantou aos ouvintes do Tribuna 101, que na próxima terça-feira (25), vaqueiros de todo o Brasil estarão em Brasília, participando de uma manifestação, que pretende mostrar ao Supremo Tribunal Federal o tamanho do prejuízo que será causado, se a decisão continuar. Ressaltou a importância do evento para o Nordeste, quando se trata de uma atividade competitiva, mas de cunho responsável, sem nenhum maltrato ao boi, o artista do espetáculo.

Os cuidados

Paulo Maratá foi mais além, e informou a todos a importância da segurança do animal (boi), chegando a falar sobre o local onde o mesmo cai, que não leva nenhum risco ou maltrato. “São 27 anos de história, implantamos isso, e, agora ter que acabar assim! É motivo de muita preocupação. Tanta coisa no país que se tem pra tomar providência, e de repente vai mexer com algo que já vemos a diferença. Um boi cair três ou quatro vezes numa faixa, não que dizer que a gente está fazendo mal a ele“, concluiu o empresário Paulo Maratá.

http://sandrovagner.com.br

Homem É Executado Em Frente A Própria Residência No Agreste

Homem É Executado Em Frente A Própria Residência No Agreste

Os constantes crimes de homicídios no Agreste assustam e amedrontam a população. Já nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (18) mais um assassinato foi registrado em Arapiraca.362164c5-7298-418c-bb71-f3b1c6b4f907
De acordo com as informações levantadas no local do crime, por volta das 6h20, Ronaldo César Pinheiro, 38 anos, estava sentado em frente à sua residência localizada na Rua Flora França Bezerra, no bairro Cacimbas, quando foi surpreendido pelos criminosos.
Um dos suspeitos, que chegou ao local em uma motocicleta, sacou uma arma e efetuou os disparos em direção a cabeça da vítima, que morreu no local antes mesmo de receber atendimento médico.

A família informou que Ronaldo César era usuário de drogas e pode ter sido executado por dívidas com o tráfico. Ele também é suspeito de ter praticado um homicídio.
O corpo ainda está no local do crime aguardando a chegada das equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML).