PRESIDENTE DUTRA: Odaílson Almeida, acusado de matar Abdon, vai a júri popular no final do mês

A justiça tuntunense decidiu que Odaílson Almeida de Sousa, 46 anos, acusado de matar Emanuel Abdon Gomes da Costa, crime ocorrido no dia 25 de janeiro,  às margens da BR 226, entre as cidades de Tuntum e Barra do Corda, vai a júri popular no próximo dia 28 de novembro.
Odaílson está preso desde o dia 28 de abril quando foi encontrado no município de Gurupi, Estado do Tocantins, depois de três meses de investigação da equipe do delegado Regional Cesar Ferro. Em face das circunstâncias do crime e a relação de amizade que tinha a vítima e o acusado, o homicídio causou muita repercussão na imprensa e sociedade.
Pelas características da execução, conforme relatos do próprio acusado e as ligações que mantinha com Abdon, o crime foi premeditado. Odailson, segundo informações da época, após tirar a vida de Abdon com um tiro de espingarda, teria se arrependido e ainda pensado em se entregar, mas não o fez temendo reações de familiares. Ele teria comentado também, depois de preso, que não teria ficado com o suposto dinheiro desaparecido do Fiat Estrada da vítima, que na fuga foi levado por ele e encontrado posteriormente na cidade de Araguaína-TO.
O júri será realizado no auditório do Tribunal do Júri da Comarca de Tuntum, e será presidido pelo juiz Raniel Barbosa Nunes.
www.blogdolobao.net

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: