Governo comunista corta R$ 9 milhões da Educação de 11 municípios pobres

04/08/2017 5:14 PM0 comentários

Através de decreto, o governador Flávio Dino (PCdoB) cortou R$ 9,3 milhões para a educação de 11 municípios considerados como os maiores pobres do Maranhão. Porém, para se promover, investiu mais R$ 9 milhões para propaganda e publicidade, pela via da Secretaria de Comunicação e Articulação Política, dirigida por Saraiva Barroso.

Os dinheiro de que tanto necessita a educação das cidades atingidas foram remanejados para a  Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), com a finalidade de injetar recursos no Fundo Maranhense de Combate à Pobreza.

Abaixo as cidades que vivem em crise e ainda são penalizadas:
Afonso Cunha
Água Doce do Maranhão 
Aldeias Altas 
Bélagua
Itaipava do Grajaú
Jenipapo dos Vieiras
Milagres do Maranhão
Santana do Maranhão
São João do Carú
São Raimundo do Doca Bezerra
São Roberto

www.luiscardoso.com.br

%d blogueiros gostam disto: