“Matei ela mas não foi porque eu quis”, diz mãe que introduzir pedaço de cano na filha

18/11/2016 1:11 PM0 comentários

O blog teve acesso a reportagem do programa ‘Giro Gera’l que exige relatos da senhora Deilandia dos Santos Assunção, presa acusada de torturar, abusar e matar a própria filha, de apenas três anos. A brutalidade foi tamanha, que antes de assassinar a criança, a “monstra”  introduziu pedaço de cano na genitália da menina. À polícia, a acusada confessou que seu marido – padastro da menor – abusava sexualmente da garota e, foi ele o responsável por quebrar uma das pernas da indefesa. O caso aconteceu  na semana passada no povoado Baixão Grande, município São Domingos do Maranhão. Lembre AQUI

%d blogueiros gostam disto: