Câmara dos Deputados discute Centro de Lançamento de Alcântara

07/06/2017 7:43 PM0 comentários

Debater a importância e a potencialidade do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no estado do Maranhão. Esse foi o objetivo da audiência pública realizada hoje (07/06) pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados.

O CLA é a denominação da segunda base de lançamento de foguetes da Força Aérea Brasileira (FAB). Ele sedia os testes do Veículo Lançador de Satélites e destina-se a realizar missões de lançamento de satélites. Poucos países conseguem reunir, em uma só região, posição geográfica estratégica e privilegiada para um centro de grande porte e o Brasil é um deles.

O tenente-brigadeiro do ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, que é diretor-geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial do Comando da Aeronáutica, apresentou o funcionamento do CLA e a situação atual das instalações. Ele definiu o centro como “moderno, bem cuidado e muito operacional”.

Presidente da Frente Parlamentar para Modernização do Centro de Lançamento de Alcântara, o deputado José Reinaldo (PSB/MA) só lamenta que não haja ampla divulgação dos benefícios advindos da expansão do Programa Espacial Brasileiro.

“Por um lado vamos poder tirar do isolamento comunidades em todo o território nacional e a partir dessa comunicação oferecer serviços de saúde, educação de qualidade, melhorar a gestão municipal e, oferecer novas oportunidades de trabalho. Por outro lado é a segurança, isto é, vamos proteger nossas riquezas naturais e defender o país do tráfico de drogas e armas. Enfim, estamos falando do controle do território”, explicou.

Autor do requerimento para a realização da audiência, o deputado Pedro Fernandes (PTB/MA) confessou que acha que é difícil fazer um acordo de salvaguarda de tecnologia entre Brasil e Estados Unidos mas entende que “é preciso avançar nesse sentido”. O acordo é um termo de cooperação que regulamenta o uso do CLA, pelos EUA, para lançamentos e protege os interesses bilaterais.

Também participaram da audiência a presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN), deputada Bruna Furlan (PSDB/SP),o assessor especial da chefia de Assuntos Estratégicos do EMCFA, o brigadeiro-do-ar R1 Rogério Luiz Veríssimo Cruz e o chefe da assessoria de Cooperação Internacional da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), André João Rypl.

%d blogueiros gostam disto: