Deputado Wellington do Curso denuncia precariedade no Socorrão II

31/01/2017 8:32 PM0 comentários

“Precisar de ‘quem indique’ para conseguir atendimento só comprova que há dois Socorrões: o da propaganda e o da realidade” diz Wellington após denúncia

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) denunciou, na última sexta-feira, 27, a precária situação em que o Hospital Socorrão II está. Wellington deu voz à denúncia do paciente Anderson Borges, que estava internado e, mesmo após 20 dias, não tinha sequer expectativa de quando iria ser transferido. A revolta do paciente ficou ainda maior quando comprovou vários outros pacientes conseguindo a transferência, simplesmente, porque possuem “conhecidos”.

Após a denúncia do deputado Wellington, o paciente Anderson foi transferido ainda na sexta-feira para o Hospital Geral e aguarda a data da cirurgia.

“Nós demos voz à denúncia do Anderson porque sabíamos que é a triste realidade. Segundo o paciente, várias pessoas passaram na sua frente porque possuem ‘conhecidos’. Na sexta-feira pela manhã, disseram a ele que não havia a possibilidade de ser transferido. Nós denunciamos o abandono e, coincidentemente, no mesmo dia ele foi transferido. Ora, precisar de ‘quem indique’ para ter atendimento só comprova que há, de fato, dois Socorrões: o da propaganda e o da realidade. Já que é necessário que um deputado denuncie o descaso, farei isso de hoje em diante até que o abandono e o desrespeito deixem de ser a realidade nos corredores do Socorrão “, disse Wellington.


Até o presente momento, o deputado Wellington aguarda resposta da Prefeitura de São Luís sobre as medidas que serão adotadas a fim de garantir condições de funcionamento ao hospital, bem como fazer com que os demais pacientes que estão no Socorrão tenham brevidade em seu atendimento. O ofício foi encaminhado e formalizado através do Gabinete do deputado Wellington, na Assembleia Legislativa do Maranhão, e encaminhado não apenas à Prefeitura, mas também ao Ministério Público, especificamente, ao Promotor de Justiça da Saúde, Herbert Figueiredo.

%d blogueiros gostam disto: